Revista Diké

Em tempos indecentes toda racionalidade crítica e pensamento construtivo são tratados com desdém. Essa indiferença, bárbara em sua natureza, mas neutra e liberal em sua forma, serve de alimento ao desencanto e à banalidade do mal que marcam tão claramente nossa época. Chegamos a duvidar de todo pensamento emancipatório como só mais uma utopia, e tratamos os livros como meros amontoados de palavras, que devem ser lidas dentro de um procedimento vazio em busca de algum resultado prático, a aprovação em um concurso, por exemplo. Em meio a esse contexto uma publicação humilde como essa pode parecer a muitos um luxo, um passatempo intelectual condenado ao mesmo desdém mencionado na primeira linha. Bom, eles não estão completamente errados. A névoa da indiferença não se dissipa com tanta facilidade. Contudo, não é por luxo, mas atendendo a maior das urgências que essa publicação vem a lume.

Há uma carência, virtualmente impossível de ser suprimida, de pensamento crítico dentro do direito. De fato, a premência irrefletida de um legalismo obtuso no direito brasileiro desde a década de setenta tem condenado a intelectualidade jurídica a mais perniciosa das neutralidades. Weber já nos alertava para o fato de que ao não escolhermos um lado em verdade já escolhemos o lado de quem venceu. A neutralidade legalista transformou o jurista brasileiro no “operador do direito”, acrítico, acéfalo, “carne de canhão” das mais violentas formas de dominação legitimadas (o que é muito diferente de serem legítimas) que persistem em nosso país. O jurista hoje não passa de mais um burocrata em uma organização de poderes cada vez mais alienante e mecânica.

Nesse sentido a pretensão dessa publicação é a de navegar no vazio da racionalidade crítica do direito brasileiro. De pensar nossa época e o direito de nossa época. De resgatar e rechaçar utopias. Nossa pretensão é refletir sobre um mundo que condena toda reflexão como danosa e pouco prática. Essa condenação é sinal do perigo que atravessamos. Noam Chomsky, em entrevista recente, comparou o atual momento das democracias ocidentais, mormente a dos Estados Unidos, com os últimos anos da República de Weimar antes da ascensão nazista. O descrédito em relação ao sistema parlamentar, o ódio pelo imigrante e pelo diferente, permeados por uma atmosfera de desesperança e falso pluralismo são características daquela e de nossa época. Entretanto, e aqui a advertência de Chomsky se torna um aviso quase apocalíptico, a Alemanha da 2a Guerra, apesar de poderosa, possuía adversários igualmente poderosos, situação que não se aplica à potência nuclear que são os EUA. E não é preciso muito para recordar que o surgimento de um líder carismático como foi Hitler é quase uma consequência de épocas de desencanto e embotamento como a que atravessamos.

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 11, nº XVIII

Publicado: 2º semestre de 2018

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 11, nº XVII

Publicado: 1º semestre de 2018

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 9, nº XVI

Publicado: 2º semestre de 2017

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 10, nº XV

Publicado: 1º semestre de 2017

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 9, nº XIV

Publicado: 2º semestre de 2016

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 9, nº XIII

Publicado: 1º semestre de 2016

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 8, nº XI

Publicado: 2º semestre de 2015

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 8, nº XI

Publicado: 1º semestre de 2015

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 7, nº X

Publicado: 2º semestre de 2014

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 6, nº 9

Publicado: 1º semestre de 2014

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 5, nº 8

Publicado: 2º semestre de 2013

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 5, nº 7

Publicado: 1º semestre de 2013

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 4, nº 6

Publicado: 2º semestre de 2012

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 4, nº 5

Publicado: 1º semestre de 2012

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 3, nº 4

Publicado: 2º semestre de 2011

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 2, nº 3

Publicado: 1º semestre de 2011

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 1, nº 2

Publicado: 2º semestre de 2010

Diké: Revista Eletrônica de Direito, Filosofia e Política do Curso de Direito da UNIPAC Itabirito

Volume: Ano 1, nº 1

Publicado: 1º semestr e de 2010

A UNIPAC para você

Seguro Educacional - UNIPAC
Aprendizagem ativa - UNIPAC
Laboratórios - UNIPAC
Mercado Mais - UNIPAC
Transferência - UNIPAC
Obtenção de novo título - UNIPAC
Retorno - UNIPAC
PROUNI - UNIPAC
FIES - UNIPAC