Notícias UNIPAC

Egresso do UNIPAC publica artigo na Revista Marítima mais antiga do mundo em atividade

A publicação está no volume 140, número 07/09 de 2020 da Revista Marítima Brasileira.

O egresso do curso de Direito do UNIPAC Barbacena, Fabrício Robson de Oliveira, teve seu artigo “O SS BARBACENA” publicado na Revista Marítima Brasileira (RMB), que é uma publicação oficial da Marinha do Brasil (MB) desde 1851, sendo a revista marítima mais antiga do mundo em atividade; tendo sua publicação trimestral e editada pela Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM). Fabrício Robson de Oliveira é Bacharel em Direito, Especialista em Direito Internacional, Técnico em Enfermagem e Pesquisador em Segurança e Defesa.

O artigo conta a história de um navio alemão fabricado em 1909, sob o nome de “SS GUDRUN”, que foi confiscado pelo governo brasileiro na Primeira Guerra Mundial e, em 1917, foi rebatizado com o nome “SS BARBACENA”, em homenagem à cidade mineira de Barbacena. Posteriormente, antes da entrada do Brasil na Segunda Guerra, o navio foi afundado pelo submarino alemão U-155 em julho de 1942, deixando 06 mortos e 56 sobreviventes. Lembra-se que durante os ataques aos navios da Marinha Mercante Brasileira pelos submarinos do Eixo, entre os anos de 1941 e 1944, causaram a morte de mais de 1.000 pessoas.

São encontrados no artigo os capítulos: Conhecendo o SS Barbacena; Vinda para o Brasil; Barbacena a serviço da França; Submarino Alemão U-155; Barbacena atacado e a conclusão. A publicação está no volume 140, número 07/09 de 2020 da Revista Marítima Brasileira.

Fabrício Robson possui outras publicações, dentre elas; “SEGURANÇA E DEFESA NO ATLÂNTICO SUL: Faixas de Fronteira, Pré-sal e Cooperação Internacional”, que encontra-se publicado no site do Instituto Pandiá, órgão vinculado ao Ministério da Defesa. Estudo que foi iniciado na graduação em Direito para a confecção do TCC, sob orientação, à época, da Professora Débora Messias Amaral; sendo atualizado e complementado em sua Especialização em Direito Internacional, para posterior publicação.

Fabrício ainda foi coautor do Artigo “ENFERMAGEM EM AMBIENTES ADVERSOS: Importância das equipes de saúde, principalmente o corpo de Enfermagem nas zonas de conflitos e desastres”, que foi publicado pela Revista Emergência e em formato de TCC, pela Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde.