Notícias UNIPAC

Mês de Outubro foi dedicado aos cuidados com a vida das mulheres no UNIPAC Barbacena

Campanha foi voltada à atenção com a saúde da mulher, culminando com foco na prevenção ao câncer de mama

O mês de outubro foi todo dedicado aos cuidados com as mulheres no UNIPAC Barbacena. A campanha, ao longo do mês, direcionada às mulheres em sua integralidade, focalizando, ao final, na prevenção do câncer de mama. Durante a campanha, diversos temas foram abordados, como: autoestima, valorização do ser feminino, incentivo a adoção de comportamentos saudáveis principalmente os que centralizam os aspectos subjetivos e emocionais (depressão, ansiedade, estereótipo de corpo perfeito ou mulher perfeita dentre outros), entre outros. Todos estes aspectos estão envolvidos com autocuidado e prevenção ao câncer de mama.

Para tornar a abordagem mais atrativa e de fácil entendimento, foram utilizados materiais intuitivos, didáticos e expositivos, como panfletos, vídeos interativos e as mídias digitais. Foi criada uma página em uma rede social com o objetivo de ampliar o alcance da campanha – @educa_paravida, contando com depoimentos de psicólogas, ginecologistas, nutricionistas, e muito conteúdo interessante. A divulgação ficou a cargo de mulheres influenciadoras digitais de Barbacena, que incentivaram as pessoas a seguirem a página @educa_paravida e apoiando a campanha. Elas ainda se tornaram porta-vozes de várias pessoas que quiseram dar seu depoimento e enriquecer o tema com vivências. O material ainda contou com uma mensagem profundamente motivadora do “Dr. Falador”.

A equipe responsável pelo desenvolvimento da campanha foi formada por acadêmicos dos cursos de Fisioterapia, Nutrição, Farmácia, Enfermagem, Biomedicina e Odontologia e coordenado pela professora Ana Damasceno. Apoiado pela coordenação dos respectivos cursos bem como a direção acadêmica.

“Nosso maior objetivo é promover educação, saúde, cultura e a essência feminina para todas as mulheres independentemente da idade. Esse projeto tem como prioridade fundamental a promoção da saúde e o Centro Acadêmico está inserido em ações capazes de irradiar o conhecimento, coordenando o ensino, a pesquisa e a extensão, em busca da educação do homem. Desta maneira, o UNIPAC atingirá o objetivo primordial: preparar o homem para sua própria existência e o cidadão para a sua dignidade social, incentivando o aluno-gente-cidadão para uma integração participativa em seu meio regional, em sua nação e para o mundo”, disse a professora Ana Damasceno.

A coordenadora do projeto, ainda ressaltou que  “as ações da campanha são realizadas através das mídias sociais @educa_paravida (Instagram, blogs, páginas no Facebook) para divulgação através de palestras, lives com os alunos e profissionais, vídeos curtos e educativos, imagens criativas e posts”.

Abaixo o depoimento da aluna do 8º período de Nutrição, Luciana Moreira:

“A pandemia nos impossibilitou do convívio com as pessoas e com isso as ações e trabalhos sociais são praticamente impossíveis de serem realizados. Porém, com a abertura da professora Ana Damasceno, vimos que é possível estarmos juntos mesmo distantes, auxiliando com informações que são essenciais para todos. Venho aprendendo a cada dia a trabalhar num projeto com apoio de várias pessoas que estão com o mesmo objetivo. Olhando de longe parece que é de pouco alcance, porém, se eu fizer minha parte, cada um, de uma maneira simples, fará a sua. A possibilidade de mudar a história de alguém através de informações faz de nós pessoas melhores como um grão de mostarda plantado em benefício de um mundo melhor. O que me motiva a fazer isso é o estímulo que proporciona ambientes de colaboração, que são mais produtivos do que ambientes de disputa. Me faz feliz poder doar um pouco do meu tempo para ajudar ao próximo, isso me gera sentimentos que não consigo expressar em palavras. Estamos abordando assuntos de extrema importância, que nos fazem pensar nas nossas próprias vidas. Principalmente neste mês, que é designado à conscientização sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, os quais associamos a ideias de como podemos empoderar a mulher. Mostrar a sociedade tudo para gerar a reflexão nas pessoas e em nós mesmos, de como a mulher é ainda muito vulnerável nos dias atuais. Falando de autoestima, alimentação e como realmente é vestir a camisa Rosa nesse mês”.