Notícias UNIPAC

UNIPAC Barbacena realiza projeto “Educação para a vida – saúde, educação e cultura para todos”

Responsabilidade Social

Todo mês terá uma campanha diferente para a conscientização e mobilização de temas recorrentes e de relevância à sociedade

Como eixo estruturante os pressupostos que norteiam os princípios e valores do UNIPAC Barbacena, os quais  exortam para que o processo educativo seja inserido dentro de um desenvolvimento global envolvendo o lar, o trabalho, o lazer, a escola, o valor da região e os meios de comunicação, o projeto “Educação para a vida – Saúde, Educação e Cultura para todos” que visa contribuir para que os acadêmicos dos cursos de saúde Biomedicina, Farmácia, Fisioterapia, Enfermagem e Odontologia sob a supervisão da professora Ana Maria Barbosa Damasceno, com o apoio incondicional da Direção Acadêmica e dos coordenadores dos cursos supracitados, executem ações interdisciplinares, fomentando a efetiva participação da comunidade e regiões circunvizinhas bem como a conscientização. O mês de setembro foi inteiramente destinado a campanha de doação de órgãos, mostrando à sociedade sua importância para a vida de quem precisa.

Este projeto tem como prioridade fundamental a promoção da saúde e o Centro Acadêmico está inserido em ações capazes de “irradiar o conhecimento coordenando o ensino, a pesquisa e a extensão, em busca da educação do homem”. Desta maneira, o UNIPAC atingirá o objetivo primordial: preparar o homem para sua própria existência e o cidadão para a sua dignidade social incentivando o aluno-gente-cidadão para uma integração participativa em seu meio regional, em sua nação e para o mundo.

Segundo a coordenadora do projeto, professora Ana Damasceno “as ações da campanha “doação de órgãos” são realizadas através das mídias sociais (Instagram, blogs, páginas no Facebook) para divulgação através de palestras, lives com os alunos e profissionais, vídeos curtos e educativos, imagens criativas e posts”.

O depoimento abaixo da aluna Janaína Tavares, revela seu entusiasmo no projeto e no tema. “Sou, Janaína Tavares ,acadêmica 2º período do curso de Fisioterapia do Unipac Barbacena. 

Na data de 05/09/2020, confirmei minha participação para desenvolvimento do Projeto Social Educação para a Vida, ministrado por nossa ilustre professora Ana Maria Damasceno, o qual o Unipac já atua por vários anos e trabalha de uma forma magnífica envolvendo seus acadêmicos e a comunidade da cidade em diversas Campanhas de Prevenção as doenças. 

Fui presenteada com tal convite e, justamente no mês em que fui inserida no Projeto, já me deparei com a Campanha do Setembro Verde,a qual se dirige a Doação de Órgãos . Foi paixão a primeira vista com esta Campanha, pois as pesquisas e documentários que busquei me envolveram de tal forma que me senti parte , onde tive a grata satisfação de conhecer a caminhada de alguns transplantados, suas histórias, as lutas vencidas nas incertezas, a força por manter firme a fé e a alegria da nova chance de viver proporcionada por um “Sim” de uma pessoa nobre de alma e coração; um DOADOR DE ÓRGÃOS. 

Em convite do meu mais novo amigo, conhecido como  “Professor Carlão” , – Carlos Alberto Rezende- transplantado de medula óssea há 3 anos, membro da Associação Brasileira de Transplantados – ABTX e diretor regional centro oeste , o qual me emocionou muito com seu depoimento sobre a importância de se ter um doador para resignificar uma existência . Mediante tal ocasião fiz contato com ele embebida na emoção de ofertar-lhe palavras de apoio e também por parabenizá-lo pela vitória alcançada, visto que o transplante de medula é um dos mais difíceis de se realizar e dar certo.  Envolvidos neste sentimento de uma amizade que surgia e empatia pela Campanha, o Professor Carlão me convidou para participar do 1º Congresso Brasileiro de Transplantados nos dias 25/09 e 26/09/2020 o qual trataria de palestras riquíssimas em temas alusivos envolvendo o caminhar de um transplantado . Foi sensacional, muito organizado, envolveu aspectos físicos, psicológicos, sociais, medicinais, institucionais …. histórias que superaram o medo, a incerteza pelo futuro, a aceitação pelo quadro , e a delícia de celebrar o VIVER , depois de vencer todas essas barreiras. A Campanha sobre doação de órgãos é muito significativa e traz consigo valores imensuráveis”.

Os estudantes que se interessaram em participar do projeto encaminharam um e-mail para a professora Ana Maria Barbosa Damasceno (anadamasceno@unipac.br), respondendo as seguintes perguntas:

1) O que motiva você a participar do projeto? 2) Sendo acadêmico da área da saúde, com relação à coletividade e realizações de ações que visam ao bem- estar da população, qual o seu papel