Notícias UNIPAC

Curso de Extensão em LIBRAS do UNIPAC certificará mais de 70 cursistas

Libras

Durante o período de recesso universitário nos meses de julho e agosto o UNIPAC, através do Curso de Pedagogia do Campus Barbacena, ofertou o Curso de Extensão de Iniciação à Língua Brasileira de Sinais. As aulas foram ministradas no Ambiente Virtual e Aprendizagem e contaram com a participação de alunos de diversos cursos, a coordenadora do curso de Fisioterapia, professora Patrícia Melo, alunos de outras instituições de ensino superior e pessoas da sociedade civil. Ao todo, 71 cursistas serão aptos a receberem o certificado.

Segundo o coordenador do projeto, professor Adriano Nascimento, “é uma  alegria imensa concluirmos este projeto que foi  minuciosamente planejado para contribuir com  a inclusão social. Propagar  as bases iniciais da LIBRAS para  este número significativo de pessoas, de diversas áreas, lugares e profissões é favorecer   um conhecimento mais profundo do universo das pessoas surdas e possibilitar que haja um processo de comunicação entre as pessoas, qualificando assim, mesmo de forma inicial, a relação da sociedade ouvinte com as pessoas surdas  nos mais diversos campos de atuação.  Foi um curso muito interativo graças às ferramentas do Ambiente Virtual de Aprendizagem   e à participação dos alunos surdos do UNIPAC na tutoria/monitoria pedagógica dos encontros virtuais. A execução técnica/pedagógica ficou a cargo das instrutoras de LIBRAS Aristea Cristina e Ana Paula Gouvêa”, explicou.

A aceitação do curso de Extensão em Libras foi unânime, sendo que os alunos participantes interagiam durante as aulas, tiravam dúvidas constantemente, além de ter empatia com a língua. O cursista Bruno Roberto de Souza Siqueira revela que “o curso de Libras online oferecido pelo UNIPAC/Barbacena foi realizado com primor e excelência. Embora eu tivesse pouco contato com língua, a abordagem pedagógica e metodológica da Faculdade trouxe uma verdadeira imersão ao conhecimento. As intérpretes de Libras Ana Paul Gouvêa e Aristea Cristina conseguiram transmitir o ensino inicial da língua com consistência, profundidade e empatia. Além disso, o curso contou com a presença dos alunos surdos Lorena Belo e Yuri Silva, que trouxeram a realidade prática da língua, o que tornou factível a aplicação do aprendizado. Todo esse aprendizado ocorreu sob gestão do coordenador Adriano Nascimento, que se mostrou totalmente disposto para amparar os alunos durante todo o período. Recomendo a todas e todos a realização deste curso”.


Já o Matheus Antoni da Silva Costa, do 8º Período do curso de Odontologia da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora – FCMS/JF, relata que “como futuro cirurgião-dentista preciso estar pronto para atender a todos os pacientes. Aprender a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) me torna um profissional mais humanizado, com respeito às diferenças e sem preconceitos. O curso de LIBRAS promovido pelo UNIPAC/Barbacena e ministrado por ouvintes e surdos foi capaz de propiciar ensinamentos, inclusão e fomento à luta por igualdades. Gostaria de agradecer a Instituição pela oportunidade e parabenizar pela iniciativa, afinal, como diz Paulo Freire, ‘a inclusão acontece quando se aprende com as diferenças e não com as igualdades’”, encerrou.